quarta-feira, 31 de outubro de 2007

TONY AUTH


O humor americano!

CONVERGÊNCIA


Os cidadãos portugueses resolveram,em assambleia de rua,promoverem a partir de 1 de Novembro a convergência dos seus salários com os dos membros do governo(ou por ele designados).

Trata-se de uma medida com grande sentido patriótico pois,de uma só vez,resolvem-se os problemas de receita fiscal,da caixa de pensões e da segurança social.

Iremos fazer o nivelamento por cima,a bem do país.

Ficarão isentos de dedução para o IRS,todos os cidadãos que aufiram rendimentos inferiores a 800 euros mensais.

"Converjamos",irmãos!

terça-feira, 30 de outubro de 2007

THE PLATTERS

Vale a pena recordar este grupo,formado em Los Angeles em 1953 e constituído originalmente por:Tony William (líder vocal),David Lynch(tenor),Alex Hodge(barítono),Herb Reed(baixo) e Zola Taylor. Recordemos o tão célebre ONLY YOU!

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

TONY MELENDEZ

Um grande coração! Uma grande força para viver! Um bom músico! O video é longo,mas vale bem a pena.

CORAÇÃO FORA DO SÍTIO


Havia quem duvidasse que G.W.Bush tivesse coração...
Estão desfeitas as dúvidas.
Prova-se que tem coração,mas está deslocado.
Nasceu com o coração na barriga!
Ficamos a perceber melhor o porquê de tanta "asneira"!

domingo, 28 de outubro de 2007

TONY AUTH


O papel de Bush no campo democrata...

HORA DE INVERNO


Chegámos ao Inverno!

A partir de hoje passamos a ter direito aos prazeres do frio.

Um cobertor na cama,preparar o material para acender a lareira e "sentir" o calor de um bom aconchego!

Além do mais,o frio enrigéce-nos...

A foto é de Margarida Martins e,a meu ver,ilustra na perfeição esta mudança de "horário".

sábado, 27 de outubro de 2007

MIGUEL TORGA


AR LIVRE
Ar livre que não respiro!
Ou são pela asfixia?
Miséria de cobardia
Que não arromba a janela
Da sala onde a fantasia
Estiola e fica amarela!

Ar livre,digo-vos eu!
Ou estamos nalgum museu
De manequins de cartão?
Abaixo!E ninguém se importe!
Antes o caos que a morte...
De par em par,pois então?!

Ar livre!Correntes de ar
Por toda a casa empestada!
(Vendavais na terra inteira,
A própria dor arejada,
- E nós nesta borralheira
De estufa calafetada!)

Ar livre!Que ninguém canta
Ar livre!Que ninguém canta
Com a corda na garganta,
Tolhido de inspiração!
Ar livre,como se tem
Fora do ventre da mãe
Desligado do cordão!

Ar livre,sem restrições!
Ou há pulmões,
Ou não há!
Mas tenham fartas as mesas
Do ar que a vida nos dá!
In,CÂNTICO DO HOMEM

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

GERSON DESLANDES


INCOERENTE
Luto contra mim e perco sempre
O meu coração é uma serpente
Quando digo sim ele desmente
Se digo não ele consente
Nada do que sei lhe faz sentido
Não me dá ouvidos
Vive indiferente
Se estou por um triz
Fica contente
Se estou feliz
Ele nem sente
Mas por que a vida
Tem que ser incoerente?
Por que o amor
É tão difícil para a gente?
Quando será
Que eu vou enfim compreender
O que meu coração quer me dizer?

In POETAGEM

FUNÇÃO PÚBLICA


Há que saber o novo juramento!
Quem não souber,é "terrorista"!
Aprendamos...

CALIFÓRNIA


Os incêndios provocam o pavor em todo o mundo.
Nem as zonas mais ricas do Império escapam...

E.HEMINGWAY


Faz,quando estiveres sóbrio,tudo aquilo que prometeste fazer quando estavas bêbado.
Assim aprendes a estar calado.

terça-feira, 23 de outubro de 2007

COIMBRA


Volto a insistir.

Venha conhecer a minha cidade.

A fotografia é de António Dias e foi "tirada" no passado domingo.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

MAPA DE GUERRA


Infelizmente,teremos que nos habituar a fixar este mapa.

Ele constituirá o " pano de fundo " da próxima guerra.

Interesse: o mesmo de sempre

PETRÓLEO!!!

BIRMÂNIA


Uma aparente calma está de regresso...
Há que manter toda a atenção.

domingo, 21 de outubro de 2007

ARY DOS SANTOS


O BURGUÊS
A gravata de fibra como corda
amarrada à camisa mal suada
um estômago senil que só engorda
arrotando riqueza acumulada.

Uma espécie de polvo com açorda
de comida cem vezes mastigada
de cadeira de braços baixa e gorda
de cómoda com perna torneada.

Um baú de tolice. Uma chatice
com sorriso passado a purpurina
e olhos de pargo de revés.

Para dizer quem é basta o que disse
é uma besta humana que rumina
é um filho da puta é um burguês.
In O SANGUE DAS PALAVRAS,1978

TANGO

Para terminar o domingo em beleza,que tal dançar o tango?

sábado, 20 de outubro de 2007

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

SCOLARI


O murro no sérvio valeu a Filipão uma multa de 35.000 euros,a serem-lhe retirados do ordenado mensal.

Estamos todos cheios de pena!

Como irá ele subsistir?

35.000 euros ganho eu,em dois anos de trabalho...

Há que acudir ao Filipão.

Talvez organizar um peditório.

BENAZIR BHUTTO


Foi um regresso ao Paquistão,cheio de fogo de artifício!

134 mortos e mais de 400 feridos.

Quando parará a mortandade?

EUROPA


É necessário conhecer os novos hábitos europeus.
RAMON dá-nos uma ajuda preciosa!

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

GERSON DESLANDES

Pois é,amigos,estou de regresso. Gostei muito,mesmo muito,do Rio de Janeiro. Como homenagem a toda a família e amigos que me acolheram,trago ao vosso conhecimento,um grande músico e poeta brasileiro. Tive o privilégio de,numa noite,ouvir uma parceria familiar:Gerson Deslandes e Renato Frazão.Cumplicidade de músicos... Gerson,com o seu livro POETAGEM,foi o Vencedor do V Prémio Literário Livraria Asabeça 2006,na Categoria Poesia. Dele transcrevo um poema intimista. Vamos a isto. O VIOLÃO QUE EU TOCO O violão que eu toco É um violão assim Um violão vagabundo Que aprendi no soco Ouvindo nos botequins Onde eu fugia do mundo Um violão caseiro Pra tocar na rede Em noites de verão Um chorinho ligeiro Pra matar a sede Do meu coração Um violão simpático Sem muita firula Fôlego de asmático Remédio sem bula Metido a esperto Semi-analfabeto Mas não desafina É o tiro certo Pra ganhar o afeto De uma menina Um violão sacana Feito adolescente Namorando a prima É final de semana Com cerveja quente E a polícia em cima Mas esse violão De quem eu falo assim Coisas tão deprimentes É uma grande paixão Um pedaço de outra gente Que mora dentro de mim. Um grande abraço,Gerson.

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Arquivo do blogue